MAMA HELP JUN2015 

 

Sessões Porto

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

Sessões Lisboa

« Janeiro 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            
6. Vida após o tratamento

6. Vida após o tratamento

C.1 – Após o tratamento a vida acaba por eventualmente voltar a ser “normal” ainda que muitos digam que nunca mais é igual. Basicamente à medida que o tempo passa maior é a segurança relativamente ao sucesso do tratamento.

Existe um acompanhamento periódico que é dependente do tipo e gravidade da doença inicial e que habitualmente, no caso do cancro da mama precoce, se vai espaçando até ficar com uma periodicidade anual.

Existem muitos problemas relacionados com a vida após o tratamento, nomeadamente e no caso de ter sido interrompida, a retoma da actividade laboral.

+info

 

Ler mais ...

5. Acompanhamento e assistência

5. Acompanhamento e assistência

E.1 – Durante o processo de diagnóstico e tratamento do cancro da mama para além dos médicos que nos acompanham precisamos muitas vezes de outro tipo de acompanhamento que pode ou não estar disponível nas Unidades de Saúde.

Habitualmente a equipa de tratamento inclui médicos e enfermeiras especialistas em mama mas pode ainda incluir psicólogos, fisioterapeutas, nutricionistas e assistentes sociais.

Para além destes podemos ainda ter várias valências que ajudam a percorrer esta jornada de forma mais fácil: treinadores de exercício físico, ioga, tai-chi e qui jong, acupunctores, terapeutas de Reiki, naturopatas.

+info

Ler mais ...

4. Viver com o CANCRO DA MAMA avançado

4. Viver com o CANCRO DA MAMA avançado

D.1 – O cancro da mama avançado inclui por definição o cancro que localmente é muito grande ou tem um comportamento local muito agressivo, atingindo muitos gânglios ou sendo inflamatório e o cancro metastizado que se espalhou para
outras partes do corpo.

São situações complicadas pois determinam em si um pior prognóstico/menor sobrevivência e tratamentos muito mais complicados, habitualmente para a vida.

+info

 

Ler mais ...

3. Ensaios clínicos

3. Ensaios clínicos

F.1 – Em todas as áreas da Medicina Clínica a investigação é feita através de
ensaios clínicos que na realidade significam o que o próprio nome diz, isto é, ensaiar uma nova droga/método/ técnica para perceber se, quando comparada com o que faz habitualmente, é melhor ou pior para determinada doença. Os ensaios
clínicos são processos complicados sujeitos a intensa regulação e implicam um grande esforço de todos, doentes, médicos, enfermeiros e técnicos de investigação para que se possam concretizar.

Todas as drogas novas que representam enormes avanços para a Medicina foram testadas através de ensaios clínicos.

Em Portugal existem vários centros com ensaios clínicos abertos para cancro da mama. A inclusão de doentes novos em ensaios clínicos depende essencialmente dos chamados critérios de inclusão de cada um. Ou seja em cada ensaio só podemos
incluir aqueles doentes que cumprem os critérios de inclusão (por exemplo podemos ter um ensaio para doentes com menos de 35 anos ).

+info

 

Ler mais ...

2. Em tratamento

2. Em tratamento

B.1 – Durante o processo de tratamento e de acordo com o tipo de tratamento o acompanhamento pode variar. De qualquer forma e para o tratamento do cancro da mama temos essencialmente três tipos de tratamento orientados por especialistas
diferentes mas que decidem que tratamentos e qual a sequência no que chamamos consulta de grupo ou multidisciplinar. Os três tipos de tratamentos são a Cirurgia, a Radioterapia e o Tratamento sistémico que inclui a quimioterapia, a hormonoterapia os tratamentos biológicos.

+info

 

Ler mais ...

1. Recentemente diagnosticado

1. Recentemente diagnosticado

A.1 – Acabo de saber que tenho um diagnóstico de cancro da mama. O que fazer?

Antes de tudo é preciso calma, não fazer escolhas precipitadas, o cancro não é uma doença urgente. As escolhas iniciais são fundamentais e para isso é preciso tempo para pensar e pedir segundas opiniões. Não é justo pedir segundas opiniões quando por ex. a cirurgia já está marcada para o dia seguinte.

Nem todas as Unidades de Saúde Publicas e Privadas estão adequadamente equipadas para tratar cancro e nem todos os médicos têm um conhecimento profundo da doença.

Nos dias de hoje o cancro da mama deve ser tratado em Unidades Hospitalares Publicas e Privadas com experiência no tratamento da doença.

+info

 

Ler mais ...

CONTACTOS

aguardamos o seu contacto...

O Mama Help surge como um centro de recursos diversificados, aberto a toda a gente. Disponibiliza informação e ajuda, desde o primeiro diagnóstico e em todas as fases da doença. Esperamos poder oferecer toda a informação e apoio de qualidade para que tenham, para além do suporte médico convencional, apoio não médico bem orientado, que ajude todos os que, de alguma forma, viveram, vivem ou convivem com esta doença. 

 

Website Institucional Mama Help:   www.mamahelp.pt

Website Mama Help Cancro Avançado:   www.mamahelpca.pt

Actividades / Sessões de Esclarecimento Mama Help:   www.mamahelp.com.pt

 

MAMA HELP PORTO

 

Tel./Tlm.: +351 222 060 100 / +351 967 097 391

Email:  info@mamahelp.pt

Skype:  mama.help.2015

Morada:   Rua da Constituição, 2096 / 2106, 4250-163 Porto Portugal