MAMA HELP JUN2015 

 

Sessões Porto

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          

Sessões Lisboa

« Maio 2022 »
Seg Ter Qua Qui Sex Sab Dom
            1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31          
6. Qualidade de vida

6. Qualidade de vida

F.1 – No tratamento do cancro da mama ou de qualquer outra doença existem dois pressupostos implícitos: o melhor resultado em termos e sobrevivência mas com qualidade de vida.

Estes pressupostos devem guiar as escolhas e as discussões com as doentes com cancro da mama em qualquer das vertentes do tratamento.

Para algumas pessoas o benefício obtido em termos de sobrevivência com um determinado tratamento pode não justificar a sua utilização se o impacto na diminuição da qualidade de vida for muito importante.

+info

 

Ler mais ...

5. Diagnóstico precoce

5. Diagnóstico precoce

E.1 – Sabendo que não há prevenção primária para todas as mulheres, a melhor forma de tratar o cancro da mama é descobrir a doença precocemente através do rastreio.

Uma vez perante a suspeita de cancro, imagiológica (mamo e/ou ecografia) ou clínica teremos sempre que confirmar essa suspeita através de uma biopsia.

Esta confirmação actualmente é feita pelo radiologista com o auxilio de ecografia sempre que possível. Quando a lesão suspeita não é visível na ecografia, como é o caso de microcalcificações, ter-se-á que fazer a biopsia sob controlo mamográfico
(estereotaxia).

A biopsia deverá ser sempre uma biopsia de agulha grossa (core biopsia) com uma amostra de pelo menos 4 fragmentos para que seja considerada suficiente. Estes fragmentos de tecido permitem avaliar bem as lesões e determinar que tipo de cancro se trata, pois existem muitos cancros da mama diferentes.

Um diagnostico precoce considera-se sempre que o cancro não se espalhou para lá da mama e gânglios da axila.

Quanto mais precoce é o diagnóstico maior é a sobrevivência e habitualmente mais simples o tratamento.

+info

Ler mais ...

4. Plano de detecção

4. Plano de detecção

D.1 – Como as causas de cancro da mama não são totalmente conhecidas e a maior parte dos cancros da mama que tratamos não é hereditária não existe disponível uma prevenção primária, ou seja algo que evite que o cancro da mama apareça.
Por isso a prevenção secundária a que chamamos detecção precoce ou rastreio é a forma mais eficaz que existe de descobrir o cancro da mama mais cedo, numa fase em que o tratamento é supostamente muito mais simples.

+info

 

Ler mais ...

3. Factores de risco

3. Factores de risco

C.1 – Qualquer coisa que aumente a possibilidade de ter uma doença é chamado de factor de risco.

Ter um mais factores de risco não significa que se vá ter cancro da mesma forma que não ter factores de risco não significa que não se vai ter cancro.

Existem factores de risco que são comuns à maioria dos cancros como por exemplo a idade, com a idade como vimos há mais alterações genéticas celulares, e outros que são específicos para um cancro como por exemplo o sexo (mama e próstata).

Os factores de risco para cancro da mama são essencialmente o sexo e a idade. Ser mulher e ter mais do que 50 anos são os dois principais factores de risco.

Porque o cancro da mama é muito frequente é normal existir mais de uma pessoa na mesma família com a doença, isso não significando que é hereditário.

O cancro da mama hereditário é raro, representando apenas 5% dos cancros da mama.

 

Imagem3

+info

 

Ler mais ...

2. Estatísticas

2. Estatísticas

B.1 – Em Portugal estima-se que uma em cada 10 mulheres vá ter um cancro da mama ao longo da vida. Temos que no entanto olhar para os números com algum espírito crítico pois os dados sobre cancro em Portugal não provêm de uma só fonte e são calculados através de extrapolações. Temos, por isso, que os olhar com algum cuidado pois, se comparados com o resto da Europa, aparentam ser menores (infra-estimativas).

Em Portugal o cancro da mama é o cancro da mulher com maior taxa de incidência (o número de novos casos por ano). Calcula-se que anualmente surjam cerca de 5000 novos casos e que esta incidência tenda a aumentar nas próximas décadas.

Anualmente surgem mais de 5000 novos casos e a incidência do cancro da mama está a aumentar de ano para ano. Cerca de 1500 mulheres em Portugal morrem todos os anos devido ao cancro da mama. O cancro da mama é a principal causa de morte antes dos 70 anos) nas mulheres em Portugal.

+info

 

Ler mais ...

1. Factos

1. Factos

A.1 – O cancro da mama é uma doença causada por células malignas que se desenvolvem na glândula mamária esporadicamente. Existem alguns factores que aumentam o risco de cancro da mama e que têm a ver essencialmente com o ambiente hormonal e estilo de vida mas cuja relação causal com o cancro não é completamente conhecida. Nalguns casos, apenas numa minoria, o cancro da mama pode ser causado por alterações genéticas herdadas – cancro hereditário.

A palpação de um caroço na mama é a forma mais frequente de auto-detecção de cancro da mama. O rastreio ou detecção precoce consiste no recurso a mamografias periódicas para a descoberta do cancro da mama antes de este ser palpável.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) o cancro da mama representa um problema mundial sendo o cancro mais frequente no sexo feminino e responsável pela morte de centenas de milhares de mulheres anualmente em todos os países seja qual for o seu nível de desenvolvimento.

+info

 

 

Ler mais ...

O Cérebro da Quimioterapia

O Cérebro da Quimioterapia

O Mama Help e a Unidade de Mama do Centro Clínico Champalimaud convidam todos a assistir à próxima sessão de esclarecimento antes das férias de Verão.

Berta Sousa, oncologista da Unidade, irá falar-nos acerca dos efeitos dos tratamentos de quimioterapia no cérebro. Será no dia 1 de Julho, às 18h30, na Biblioteca da Fundação Champalimaud.

 

Contactos  (Sofia Bragança)

Telef: 210 480 004

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Ler mais ...

Cancro de Mama - Aspectos legais relacionados com a doença

Cancro de Mama - Aspectos legais relacionados com a doença

O Mama Help e a Unidade de Mama do Centro Clínico Champalimaud convidam todos a assistir à primeira sessão de esclarecimento no regresso do Verão.

Tiago Cortes, advogado, irá falar-nos acerca dos aspectos legais relacionados com o cancro da mama.

Será no dia 16 de Setembro, às 18h30, na Biblioteca da Fundação Champalimaud.

 

Contactos  (Sofia Bragança)

Telef: 210 480 004

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

+INFO (entrar como visitante).

Ler mais ...

Cancro e Medicina Tradicional Chinesa - AUDITÓRIO DO MUSEU DO ORIENTE

Cancro e Medicina Tradicional Chinesa - AUDITÓRIO DO MUSEU DO ORIENTE

O Mama Help, a Unidade de Mama do Centro Clínico Champalimaud e a Fundação Oriente convidam todos a assistir à sessão de Outubro, o mês internacional de Prevenção de Cancro da Mama.

Maria João Santos, Mestre em MTC irá dar-nos a conhecer acerca da complementaridade e da importância da Medicina Tradicional Chinesa no tratamento oncológico.

Será no dia 14 de Outubro, às 18h30, no Auditório do Museu Oriente, em Alcântara.

É necessário inscrever-se através dos contactos abaixo, devido à capacidade limitada da sala.

Contactos  (Sofia Bragança)

Telef: 210 480 004

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

+INFO (entrar como visitante).

Ler mais ...

Cancro da Mama e Fertilidade

Cancro da Mama e Fertilidade

“Ter cancro da mama nunca é fácil mas quando acontece em idades mais jovens pode ter implicações adicionais importantes na fertilidade. Saiba como tentar prevenir esses efeitos.”

29 de Maio, às 18h30  – Sérgio Soares, Ginecologista

Inscrições encerradas 

Contactos  (Sofia Bragança)

Telef: 210 480 004

E-mail: Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

 

Ler mais ...

Pág. 11 de 12

CONTACTOS

aguardamos o seu contacto...

O Mama Help surge como um centro de recursos diversificados, aberto a toda a gente. Disponibiliza informação e ajuda, desde o primeiro diagnóstico e em todas as fases da doença. Esperamos poder oferecer toda a informação e apoio de qualidade para que tenham, para além do suporte médico convencional, apoio não médico bem orientado, que ajude todos os que, de alguma forma, viveram, vivem ou convivem com esta doença. 

 

Website Institucional Mama Help:   www.mamahelp.pt

Website Mama Help Cancro Avançado:   www.mamahelpca.pt

Actividades / Sessões de Esclarecimento Mama Help:   www.mamahelp.com.pt

 

MAMA HELP PORTO

 

Tel./Tlm.: +351 222 060 100 / +351 967 097 391

Email:  info@mamahelp.pt

Skype:  mama.help.2015

Morada:   Rua da Constituição, 2096 / 2106, 4250-163 Porto Portugal