6. Vida após o tratamento

C.1 – Após o tratamento a vida acaba por eventualmente voltar a ser “normal” ainda que muitos digam que nunca mais é igual. Basicamente à medida que o tempo passa maior é a segurança relativamente ao sucesso do tratamento.

Existe um acompanhamento periódico que é dependente do tipo e gravidade da doença inicial e que habitualmente, no caso do cancro da mama precoce, se vai espaçando até ficar com uma periodicidade anual.

Existem muitos problemas relacionados com a vida após o tratamento, nomeadamente e no caso de ter sido interrompida, a retoma da actividade laboral.

+info